Em Brasilia, DEZENOVE HORAS


Um locutor muito famoso, apresentador da Voz do Brasil, tinha uma namorada, admiradora da dinâmica apresentada pelo profissional na leitura dos noticiários.
O relacionamento ia muito bem, mas havia um problema: ela nunca atingia o orgasmo.
Num determinado dia, na hora , digamos, do "momento cultural", ela disse qual era a fantasia que poderia mudar a situação.
Disse-lhe ao pé do ouvido. Fala, fala; "EM BRASILIA, DEZENOVE HORAS". Ele atendeu e foi um sucesso.
No segundo tempo do jogo, havia uma variação: o locutor teria que dizer "E ATENÇÃO BRASÍLIA".
Dizem que a tática funcionou durante muitos anos...

Abraços e parabéns pelo portal

Alves de Mello
Âncora-CBN

Comentários