Rádio Eldo Pop FM

Rádio Eldo Pop FM, 98.1 MHz, RJ, ZYZ-22 (1971-1978)
Aos ilustres freqüentadores do meu Blog é com muita felicidade que apresento este Post. Mesmo não tendo vivido de forma intensa a fase áurea do Rock Progressivo, tive a felicidade e o privilégio de ter conhecido pessoas que me proporcionaram conhecimento do assunto. Neste Post sobre a Rádio Eldopop convidei o ilustre amigo Álvaro do Blog Lightnes que promovesse uma breve história de um Fenômeno Musical e Cultural que de forma indubitável, gerou uma geração de amantes do Rock Progressivo. Este fenômeno chama-se Rádio Eldopop.......Podem chorar! Sorrir!..Relembrar de uma fase maravilhosa!..de amigos!..namoradas!..festas de Rock...e o grande Big Boy.....sem comentários.

Breve História da Eldopop: As transmissões de Rádio em FM no Brasil tiveram inicio em meados dos anos 50, (Rádio Imprensa, 1955) mas só no final da década de 60 e inicio dos anos 70 elas foram tomando forma. A idéia inicial era que as Rádios FM tivessem uma programação voltada exclusivamente para a música, diferenciando-se assim das demais freqüências. Foi nesse clima que em 1971 o Sistema Globo de Rádio deu inicio às transmissões da Radio Eldorado. A Eldopop, nome que passou a adotar, foi inovadora e revolucionária, com uma programação quase que exclusivamente voltada para o Rock. A rádio passou a ser a principal referência do Rock para uma geração carente de informações, mesmo sem informações sobre a programação, que durante muito tempo não eram divulgadas. A não divulgação da programação foi um empecilho que serviu de estimulo à busca e à pesquisa, contribuindo indiretamente para o crescimento cultural de uma geração que vivia atormentada pela repressão política. Muito antes das rotulações, criação das indústrias fonográficas como estratégia mercadológica, a Eldopop proporcionou aos jovens que viviam aqui no Rio de Janeiro o privilégio de ouvir e conhecer o que era vanguarda e contemporâneo na Europa e EUA. As saudosas vinhetas do grande Big Boy e do extraordinário locutor Carlos Bianchini, nos emocionavam, transformando uma simples audição quase que um rito religioso. Na manhã do dia 25 de setembro de 1978, um locutor anunciava a nova programação da Rádio Eldorado Fm, leia-se Rádio 98, sepultando ali a nossa estrela guia. Ficamos órfãos e abandonados, foi necessário um bom tempo para nos erguemos e compreender que novos tempos despontavam em um horizonte nada atraente para nossa geração. Não sou saudosista, muito menos acho que minha juventude tenha tido mais privilégios que os jovens de hoje, mesmo porque nada se compara à Internet, mas impreciona-me o fato de haver hoje, já se passaram mais de 30 anos, admiradores da Rádio, que na época eram bem crianças e jovens que nasceram bem depois de seu fim. São muitos os fatores convergentes, quem sabe alguém faça uma tese de mestrado do tema algum dia. Em suma é maravilhoso saber que um dia fizemos parte de uma história tão bela, desejo que os jovens de hoje bem como os frutos que irão gerar, aproveitem ao máximo o que seu tempo pode lhes proporcionar de positivo.

Postado por Jorge Fernando às 15:39 10/2007 http://serie-echoes.blogspot.com

alguns comentários:

Maddy Lee disse...
Grande JF,
a EldoPop fez parte da minha educação musical junto com outras rádios da época, que se não tocavam o rock progressivo, tocavam ótimos rocks como Sweet, T. Rex, Ten Years After, Grand Funk Railroad, só pra citar uns poucos. Tinha a Mundial AM, com seu impagável 'Show dos Bairros', onde uma pessoa de cada bairro pedia uma música e daí saíam pérolas tais como: 'Quero ouvir Love Urt com a Nazaré'; 'Toca a Laikomosca do Granfun!' e por aí vai... (rsrsrs)
Na década de 70, graças à ditadura, nossos portos e nossos ouvidos estavam fechados para essa música subversiva e perigosa, o Rock & Roll, e o pouco que nos chegava era realmente através de pioneiros como o Big Boy, amigos que viajavam pra fora, filhos de embaixadores, etc, então acho que temos mesmo que pagar um tributo a esse pioneirismo, por isso te agradeço e reverencio por essa bela iniciativa. Excelente!
Só pra fechar a tampa: Na EldoPop tinha uma noite por semana, não lembro que dia nem horário, em que eles tocavam um disco inteiro (!) e foi assim que ouvi pela primeira vez vários discos, inclusive, nas palavras do locutor - 'e agora com vocês o disco Viagem Ao Centro Da Terra, de Rique Váqueman'... (rsrsrs)
Meu camarada, valeu!
Grande abraço,
Maddy Lee

Gustavo Fichter disse...
Caro Jorge Fernando,
Cada vez me surpreendo mais com o Series Echoes e na sua capacidade extremada de revolver o passado trazendo à tona os sons e as memórias de 30 anos atrás. É o que eu senti quando encontrei o Eldo Pop Vols. I e II no seu blog. Imagine, amigo, fui criado no meio do mato, aqui em Itatiaia, RJ. Tínhamos, eu e meu mano, um radinho Phillips que sintonizava muitíssimo bem as rádio do Rio. Sou de 1961 e, nessa época, tinha cerca 15 a 17 anos. Para chegar à cidade de Itatiaia, tinha de caminhar uns 3 kms em estrada de chão, sem iluminação qualquer, quando era noite. Descíamos à cidade e subíamos à noite para casa, ouvindo a Eldo Pop, no rádio que deixávamos escondido num saco plástico, atrás de alguma árvore ou poste. E era assim, sob o céu de estrelas, íamos ouvindo Tangerine Dream, Druid, Barca do Sol, Renaissance e todas as bandas maravilhosas da década de 70. Muitas vezes não sabíamos de qual banda era o som. Acho que alguma leitura de O Globo, e muita intuição, faziam com que soubéssemos de que som se tratava. O seu blog me proporcionou muita alegria e puro encantamento ao me deparar com os sons ouvidos há 30 anos, num tempo em que a vida parecia um sonho sem fim. E era bela, viajante, sem limites, e com boa música. Obrigado, cara, do coração.
Gustavo Fichter

António disse...
Cara, muito bom voltar aos bons tempos!!! na época eu não tinha rádio fm, então o jeito era correr para casa de amigos ou entrar escondido na kombi do meu tio e ficar gastando a bateria ouvindo o som da ELDOPOP.
Abraços.

Vinhetas da EldoPop

Comentários

  1. Saudades! Bons tempos da musica pop. Ficava deslumbrado com as musicas do Kraftwerk, Genesis, emuitos outros. Mesmo vivendo hoje em Edmonton, continuo a curtir aqueles bons tempos, momento certo da nossa crise politica.

    ResponderExcluir
  2. Saudades deste tempo! Seja no carro, seja em casa, seja na praia a maldita estava sempre plugada. O melhor do Rock Progressivo estava no ar e na mente. Mas como o que é bom não fica para sempre, tiraram do ar sem mais nem menos e colocaram aquela rádio brega tal de 98 FM. Foram as maiores viagens de minha vida e não havia quem não gostasse....

    ResponderExcluir

Postar um comentário