Rádio triste: morreu Maurício Figueiredo


Época de 90, nas Rádios Jornal do Brasil AM e JB FM, trabalhava junto com uma equipe fantástica
de Profissionais e amigos, mas não esquecerei nunca este trio maravilhoso do horário da noite:
Orlando Souza (Locutor), Luiz Marques (Operador de Audio) e Mauricio Figueiredo (Locutor)
com eles o trabalho era um prazer.
- Claudino

Maurício Figueiredo era uma das mais belas vozes do rádio brasileiro.
Trabalhamos juntos na Rádio Jornal do Brasil logo após o fim do regime militar.
Maurício era uma das mais instrutivas referências para jovens repórteres. Grande homem, grande profissional.
Excelente caráter, apaixonado pelo rádio, um brasileiro acima de tudo. O câncer castigou sua coluna e, depois,
outras partes do corpo.
Maurício Figueiredo morreu hoje. E na rádio MEC, seu último emprego, ele deixou uma herança de tristeza.
Todos gostavam do Maurício com seu humor e seu grande espírito humanista.
Que Deus o tenha! - Sidney Rezende | 15/12/2011 http://www.sidneyrezende.com/

Recebi uma notícia que, embora esperada, me deixou triste.
Meu amigo Maurício Figueiredo trocou de frequência e ainda não se deu conta de que vai ter muita gente triste com isso.
Esse cara que me deu muita força no início de minha carreira. Em 83 deixava o jornal pra eu fazer, pois sabia que eu precisava treinar mais minha locução. Como ele trabalhava também na Rádio Cidade, eu era fã e amigo ao mesmo tempo.
Muito politizado, Mauríção gostava de jazz, política, leitura, rádio e de um monte de coisa boa.
Beijo pra Vera, sua companheira inseparável - Ruy Jobim | 15/12/2011 http://ruyjobim.blogspot.com/

Nascido no Rio de Janeiro, em 26 de março de 1943, Maurício dedicou sua vida profissional ao rádio brasileiro, onde atuou como locutor e produtor de programas. Ele ficou conhecido na extinta Rádio Jornal do Brasil, onde trabalhou por 25 anos, como locutor do famoso JBI (O Jornal do Brasil Informa) e prod...utor dos programas Arte Final Variedades, com Luis Carlos Saroldi e Arte Final Jazz com Jota Carlos, Celio Alzer e José Domingos Rafaelli. Há 7 anos e meio na MEC FM, Maurício estava diariamente no ar, de duas da tarde às sete da noite, com o Grandes Clássicos e ainda apresentava os programas Antena MEC FM, A Música Clássica no Brasil, Música Antiga, Clássicos do Ouvinte e Os Compositores. Ele trabalhou também nas rádios Cidade, Tamoio, Roquette-Pinto, Tupi e na TV Bandeirantes. Maurício era um excelente profissional, exímio locutor e dono de uma cultura ímpar. Educado e generoso, era um exemplo de radialista. Maurício Figueiredo morreu na tarde de hoje, em decorrência de complicações de um câncer. Ele deixa mulher, três filhos, cinco netos, uma infinidade de amigos e uma lacuna no rádio brasileiro. - Rádio MEC FM | 15/12/2011 http://www.facebook.com/

É com grande tristeza que recebo a notícia da morte de Maurício Figueiredo. Tive a honra e o prazer de conviver com ele na extinta JB AM. Foi figura fundamental na minha formação cultural e ponto de referência na construção de meu caráter. O mundo fica mais pobre ... fica com Deus amigo. - David Trompowsky | 16/12/2011



PS: Jan/2012 - O Amigo Laerte informou que a Rádio MEC em homenagem deu o nome (Estudio Maurício Figueiredo) ao Estudio da Rádio MEC FM.

Comentários

  1. Maurício era uma figura impar. Trabalhei com ele na rádio Mec fm durante os últimos 4 anos e meio. Me ensinou a entender o lado B da política, com sua crítica sempre bem fundamentada. Seus conhecimentos das figura importantes da história brasileira e internacional eram absolutamente brilhantes. Histórias que a história não conta aprendi com ele. Um humor mordaz e inteligente, sempre nos fazia rir com suas belas histórias do rádio. Profissional exemplar, amigo fiel, caráter precioso. Esse era Maurício Figueiredo. Sidney Ferreira.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Final dos ano 70, trabalhamos juntos na Rd Tupi Fm e na Rd Mauá Am. Um companheiro fantástico. Saudades!! Renato Justino

    ResponderExcluir
  4. Boa tarde eu sou cantora e compositora gostaria de Compor para padre Marcelo Rossi com muito carinho para Ele não quero vender tenho lindas musicas se puderem Me responder ficarei muito grata um grande abraço meu Tel (21)37311105 Rio de Janeiro

    ResponderExcluir
  5. Grande lástima é o que sinto ao saber neste minuto da morte deste grande sujeito. Conheci-o na Caixa Econômica Federal, onde eu trabalhava. Lá eu tinha o prazer de atendê-lo, bem como a Vera, sua mulher. Vai com Deus, meu irmão!
    Alexandre Pinheiro (avaliador)

    ResponderExcluir
  6. O comentário que gostaria de fazer é na verdade lembrar que se vivo amanhã nosso querido Maurício faria 70 anos. Saudade, meu grande amigo !

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Windows 7 - Rede não identificada

Show do António Carlos - Globo AM