Radialista Loureiro Neto morre aos 61 anos



O dia amanheceu com mais uma perda para a comunicação brasileira. Aos 61 anos, o radialista Loureiro Neto teve morte cerebral anunciada pela equipe médica do Copa D’Or, no Rio de Janeiro, onde estava internado desde 16 de janeiro, conforme informou a CBN. Há meses, o profissional estava afastado da Rádio Globo em decorrência da luta que travava contra problemas cardíacos.
A morte do comunicador causou comoção no Sistema Globo de Rádio, empresa na qual era funcionário há mais de três décadas. No site da Rádio Globo, a notícia do falecimento é registrada com o título “Adeus, companheiro”. A página mantida pela emissora na internet lembrou o nome verdadeiro do apresentador - Manoel Fernandes Loureiro -, nascido em Portugal, mas que “adotou e foi adotado por Copacabana”.
Loureiro Neto
Engenheiro?
No Rio de Janeiro desde os cinco anos de idade, Loureiro queria seguir carreira em engenharia. Para isso, o então rapaz resolveu fazer um cursinho para ter mais chances de enfrentar o vestibular na área que tanto queria. Realizou o vestibular. Foi reprovado. Mas a não entrada no mundo universitário não o abalou, pois durante o cursinho, ele se tornou amigo do locutor esportivo Avelino Dias. Assim, Loureiro se aproximava da sua vocação.
Cronista esportivo
Sem cursar Engenharia, Loureiro estreou no mercado da comunicação ao ser contratado para integrar a equipe do programa ‘Resenha Esportiva’, da extinta TV Rio. Depois, foi repórter esportivo da Rádio Vera Cruz, ficando na emissora até ser contratado pela Rádio Globo em 1977. Atuou durante anos na cobertura diária dos grandes times cariocas, com destaque para os oito em que acompanhou o dia a dia do seu time do coração, o Vasco da Gama.
Sucessor de Haroldo de Andrade
Com a carreira de repórter consolidada, Loureiro Neto assumiu a tarefa de ser apresentador do ‘Papo de Botequim’, atração noturna na década de 1980, sem deixar de lado a equipe esportiva da emissora. Porém, em 2002, o comunicador aceitou a proposta para se dedicar totalmente à função de apresentador e aceitou o desafio de substituir Haroldo de Andrade no ‘Manhã da Globo’, onde permaneceu até 2011, quando voltou para o horário da noite para comandar o ‘Botequim da Globo’.
Mais uma voz que nos deixa
A morte de Loureiro fez com que amigos da Rádio Globo lembrassem algumas das qualidades do profissional. Em texto divulgado em seu site, a própria emissora fez questão de garantir que o trabalho do comunicador estará gravado na história do veículo de comunicação e do rádio carioca. “Mais uma voz que nos deixa, mas que guardaremos para sempre”.
- Portal Comunique-se

Saudades do Amigo Loureiro, meus Sentimentos à Família.
Ouça na Voz do querido Loureiro Neto a Mensagem "A Esperança está no Ar" cedida juntamente com a Foto pelo Autor: António Marcos Pires


0 Comentários:

Bem-vindo(a)
- Dúvidas? Deixe o seu email
Obrigado pela visita!


Escreva seu comentário: