Centenário de Frank Sinatra

O inesquecível cantor e actor norte-americano Francis Albert Sinatra nasceu na cidade de Hoboken, em Nova Jérsey, no dia 12 de Dezembro de 1915, único filho de um casal de imigrantes italianos. Sem jamais ter estudado música formalmente, ele deixou o último ano no curso secundário para seguir a carreira musical. Frank principiou sua trajectória neste campo como cantor em clubes de seu estado natal e marcando presença constante em diversas estações de rádio. Em 1938 ele venceu um concurso radiofónico e transformou-se imediatamente em mestre de cerimonias de um clube conhecido como The Rustic Cabin. Não tardou para que ele fosse publicamente revelado e então convidado para se tornar um membro do conjunto de Harry James e, posteriormente, o crooner da então célebre orquestra de Tommy Dorsey. Seu estilo era completamente informal, mas ao mesmo tempo muito requintado. Sua vocação para emitir notas longas e fluídas, sem mesmo parar para respirar, impressionava a todos e contribuiu para que ele se tornasse um sucesso imediato em todo o mundo. Como actor de cinema ele não foi menos famoso, e conta em seu currículo com mais de cinquenta produções, entre elas A um passo da eternidade, de 1953, que lhe rendeu um Oscar; High Society, de 1956; Sob o domínio do mal, de 1962; A Sombra de um gigante, de 1966, entre outras. Entre os anos 50 e os 60 ele integrou uma comunidade artística conhecida como Rat Pack, composta por artistas que estavam sempre actuantes em seu campo de acção.

Na TV Sinatra manteve ao longo de diversos anos um show televisivo próprio. Na década de 90 ele levou adiante sua carreira, investindo em shows e gravações, no lançamento de diversos duetos, os quais eram transmitidos através dos melhores recursos tecnológicos da época.

Entre seus hits musicais estão clássicos como: Fly me to the moon, My Way, New York, New York, entre outros. Sinatra tinha um carinho especial pela bossa nova e admirava profundamente o maestro Tom Jobim. Ao seu lado ele cantou a eterna Garota de Ipanema, parceria que seria imortalizada.



Frank foi casado com Nancy Barbato e depois com as divas cinematográficas Ava Gardner e Mia Farrow. Mais tarde ele se uniu à dama da sociedade Barbara Marx, ao lado de quem permaneceu até o fim de sua existência. De seus casamentos restaram três filhos, Nancy, Tina e Frank Sinatra Jr.

O famoso cantor e ator teve também uma intensa participação política em seu país, especialmente na campanha de Franklin Delano Roosevelt para ocupar a Casa Branca. No início da década de 50 ele se viu de repente acusado de integrar a máfia e de ter uma secreta participação no crime organizado.

‘A Voz’, como é conhecido, por sua modulação aveludada, nunca deixou de vender seus discos, nem em meio às mais intrincadas polêmicas e escândalos. Duas estrelas na Calçada da Fama reafirmam sua popularidade tanto na carreira musical quanto nas telas da TV e do cinema. Aos 80 anos, em 1995, ele finalmente decidiu se aposentar como cantor. Três anos mais tarde ele morreu, em Los Angeles, vítima de um ataque cardíaco.

Fonte: http://ocaisdamemoria.com/

Comentários